Injeção não cirúrgica que temporariamente reduz ou elimina linhas de expressão, rugas na testa, pés de galinha perto dos olhos/pescoço.

Quando se faz a aplicação de Toxina Botulínica no rosto ou em outras áreas, a toxina botulínica atua junto a receptores neuromusculares, impedindo a transmissão dos impulsos do neurônio para o músculo e com isso a sua contração, relaxando a musculatura.

É isso que faz com que haja um relaxamento das linhas de expressão, por relaxar esses músculos causam as rugas dinâmicas, como quando franzimos a testa, ou nas rugas de “pés-de-galinha”, assumindo grande importância na melhora estética quando fazemos aplicação de toxina botulínica no rosto, como para o tratamento das rugas. No tratamento para hiperidrose, o Toxina Botulínica impedirá o impulso nervoso que libera o suor das glândulas sudoríparas, que casa a suor excessivo.

A aplicação de toxina botulínica é muito segura, principalmente quando realizada por um dermatologista ou outro médico especializado na sua aplicação. Durante muito tempo houve um certo medo por parte de algumas pessoas que pensavam que ficariam “sem expressão”, mas isso não ocorre, se feito corretamente. Assim, para o tratamento de linhas de expressão, a aplicação de toxina botulínica no rosto ainda é um dos tratamentos mais utilizados até hoje.

Para o tratamento da hiperidrose (suor excessivo), ele é o método mais seguro e com menos efeitos colaterais, principalmente para aqueles que não desejam fazer cirurgia, como a simpatectomia (que é um ótimo método para o tratamento da sudorese excessiva). Não há indução de sudorese compensatória. Entretanto, quando aplicamos toxina botulínica nas mãos, pode haver diminuição dos movimentos finos, o que pode incomodar pianistas, violonistas e artesãos. Nos demais pacientes isso não é significativo.

A aplicação de toxina botulínica é um procedimento seguro e eficaz. Sua indicação para tratamento e prevenção de rugas faciais é reconhecido em todo mundo, tanto em mulheres como em homens. A dra Carolina Machado aprova e indica.