Os 5 maiores mitos sobre o botox

Conheça os 5 maiores mitos sobre Botox! A aplicação de toxina botulínica (Botox) é sem dúvida um dos procedimentos estéticos mais realizados nos dias atuais. A grande procura por esse procedimento existe devido aos diversos benefícios que a substância oferece para o rejuvenescimento facial.
Com a procura pelas cirurgias plásticas e procedimentos estéticos cada vez maior, é normal que diversos tipos de mitos surjam a respeito deles. A aplicação de Botox é um procedimento muito comentado e que também é cercado por diferentes tipos de mitos.

A melhor forma de solucionar as suas dúvidas sobre o procedimento é visitando um médico, mas antes que você agende a sua consulta, confira os 5 maiores mitos sobre Botox e entenda para quais casos ele é indicado.

Sobre a aplicação!

A toxina botulínica possui a ação de “paralisar” o movimento muscular responsável pelo surgimento das rugas, tanto as que se formam quando os músculos estão em movimento, quanto as estáticas, que são as rugas que surgem mesmo com o rosto parado.

Essa paralisação dos músculos proporciona o rejuvenescimento facial, já que ocorre o impedimento da contração muscular responsável formação da ruga. Mas antes de decidir realizar esse procedimento é fundamental esclarecer os principais mitos que o cerca. Confira quais são os 5 maiores mitos sobre o Botox:

Resultados

Os resultados do Botox são permanentes, portanto deve ser aplicado somente uma vez: Mito. Os resultados da aplicação de Botox costumam durar por até 6 meses.

Após esse período os músculos voltam a se contrair e consequentemente as linhas de expressões voltam a ser como antes. Portanto, para que os resultados do Botox sejam mantidos por muito tempo é fundamental realizar o procedimento de acordo com a indicação do médico.

Aplicações

O Botox funciona somente para as rugas: Mito. Embora algumas pessoas acreditem que a aplicação do Botox é indicada somente para fins estéticos, isso não é verdade.

A aplicação de toxina botulínica também pode ser realizada para bloquear as glândulas sudoríparas temporariamente para minimizar a transpiração excessiva. Em alguns casos, a aplicação do Botox também pode ajudar no tratamento de pacientes que sofrem com depressão e ainda reduzir crises de enxaqueca.

Só para mulheres?

O Botox é indicado somente para as mulheres: Mito. As mulheres são as que mais procuram pela aplicação do Botox, mas isso não quer dizer que os homens não possam realizar o procedimento, pelo contrário.

Os homens estão cada vez mais preocupados com a sua aparência e a cada ano que passa o número de homens que procuram pelo Botox se torna maior. A média de idade dos homens que realizam o procedimento é a partir dos 30 anos.

Idade

A aplicação do Botox na face é indicada para pessoas jovens: Mito. Uma jovem de 18 anos não possui rugas, então porque aplicar Botox no rosto?

A substância consiste em paralisar os músculos, porém cada caso é um caso e alguns pacientes estão propensos a começar a ter as primeiras linhas de expressões antes dos 30 anos. É recomendável que as pessoas esperem até que eles tenham pelo menos 25 anos para começar a realizar a aplicação de Botox, no entanto é fundamental que a aplicação seja indicada por um médico.

Efeito

O Botox deixa o rosto com efeito “engessado” e artificial: Depende. Esse pode ser um mito como também pode ser uma realidade.

A aplicação do Botox deve proporcionar resultados naturais, mas quando o paciente não realiza o procedimento com um médico especializado ele corre o risco de sofrer com o exagero da aplicação do Botox.

O resultado pode ser tanto um rosto sem expressão, por estar “paralisado”, como também a assimetria dos lados do rosto. Uma aplicação mal feita também pode prejudicar os movimentos faciais, como piscar, mastigar e até mesmo respirar. Por esse motivo é fundamental procurar por um especialista confiável.