O Minilifting nada mais é do que uma versão simplificada do Lifting Facial total, que resulta no rejuvenescimento sem grandes mudanças na fisionomia, ou seja, com esta técnica a pele não fica com aquela aparência “esticada” como nos procedimentos mais antigos em que o cirurgião plástico apenas puxava e cortava o excesso de pele flácida sem se preocupar com os demais fatores de envelhecimento. Além disso, o Minilifting apresenta como principais vantagens: resultados mais previsíveis e um pós-operatório mais suave e rápido, já que as chances do paciente desenvolver hematomas e cicatrizes são reduzidas, comparando-se ao Lifting total.

Indicação do Minilifting

A cirurgia de Minilifting deve ser feita na idade certa, normalmente quando a pele do paciente ainda possui alguma elasticidade, pois desta forma os resultados serão mais previsíveis, duradouros e positivos. Porém, vale sempre lembrar que o envelhecimento do rosto é multifatorial, muitos problemas estão envolvidos, portanto, o tratamento também tem de ser abordado em várias frentes e realizado por um cirurgião plástico especializado.

Mas, como saber se o Minilifting é indicado para você?

Se você se incomoda com a flacidez do rosto, pois ela tem deixado o seu contorno facial menos definido, as sobrancelhas caídas e os vincos entre nariz e lábios mais evidentes, o Minilifting é um procedimento altamente indicado para você! Entretanto, ela não é especificamente direcionada para amenizar a flacidez no pescoço, embora em muitos casos tenha sido observada uma melhora significativa nesta região.