Esta intervenção é efetuada para melhorar a aparência envelhecida da testa (região frontal) com redução das rugas profundas da pele da testa e ao redor dos olhos, conseguindo-se obter uma aparência mais jovem e menos cansada.

Atualmente é possível fazer esta intervenção, na maioria das situações, por via endoscópica, utilizando apenas 3 a 5 pequenas incisões (com 1 a 2 cm de comprimento) nas regiões frontal e temporal, no couro cabeludo, próximas da linha de implantação do cabelo.

As estruturas profundas são tratadas, e os músculos e ligamentos são seccionados e/ou reposicionados, elevando-se conjuntamente as estruturas adjacentes, promovendo assim a obtenção de uma aparência mais jovial e agradável da porção superior da face.